Avançar para o conteúdo principal

O último adeus

Agora que tudo acabou, tenho tanto para te dizer, tanto daquilo que nunca te disse, e para te ser sincera não sei a razão. Talvez tenha mesmo sido ai onde errei, sentir demais e falar menos. Tentei sempre dar-te as palavras mais justas mas nem sempre consegui.
Tantas promessas que o tempo levou e, guardo comigo as lembranças que jamais conseguirei esquecer.
Destruímos cada degrau que subimos, porque sim, a cada dificuldade que encontrávamos, conseguíamos superar, pois juntos éramos mais fortes, mas até isso destruímos.
Após algum tempo passado, ainda adormeço com as lagrimas a escorrerem pelo rosto, a tentar encontrar respostas para porquês ou então a tentar desculpar- te, mas não consigo.
Se o mundo acabasse amanhã, eu guardaria cada momento, viveria tudo de novo, tentaria mudar tudo o que deu errado, daria-te ainda mais o melhor de mim, nem que para isso gastasse todas as minhas forças, para que pudesse receber em troca um sorriso teu, e que eu fosse o motivo dele. Ganhei tudo quando entraste na minha vida, agora saiste assim dela como se nada tivesse passado e deixaste no meu peito uma dor maior que o mundo. Ainda daria a minha vida por ti, fosse pelo o que fosse. Independentemente depois de cada palavra cruel, de cada ignorância e insignificância.
Mas agora, cada um de nós, sofre a sua maneira, conseguimos quebrar tudo o que havia entre nós, cada um esquece a sua maneira, cada um sente a sua maneira, cada vive ou sobrevive a sua maneira e, cada um de nós é feliz a sua maneira ou finge. Hoje não passamos de dois desconhecidos ou de duas crianças, neste mundo que parece tão grande, mas fica só pelo parecer. Por tudo o que passamos, por todos os sorrisos, abraços, lagrimas e obstáculos, ainda hoje, fico em coma por termos destruído o que de melhor existia em nós.
E agora tudo acabou, é quando eu sinto a tua falta, é quando sinto saudades, é quando mais preciso do teu abraço, preciso de ti mas tenho de deixar de precisar é como estivesse a agarrar-me a uma pessoa que já não existe, porque me abandonaste. Mas eu amei-te , porque foste diferente e fizeste a diferença porque, hoje à dor é mais forte que eu, talvez não morra com esta dor, eu sei, mas é sufocante não te ter. Porque hoje acabou e não há nada que possa fazer ou dizer, simplesmente só consigo dizer " sê feliz" de certeza que encontrarás alguém muito superior a mim, todas as outras tem a oportunidade para poder cuidar de ti, como eu nunca fui capaz de cuidar, todos os outros são superiores a mim. Nem que seja o meu pior inimigo ou alguém que deteste. Já eu não passo de nada sê feliz tu mereces.
Agora que acabou ao ouvir o teu nome emociono-me, não consigo esconder a dor de te ter perdido.
Agora que acabou, sinto que eras tu. Mas tenho de seguir em frente.
                               -Juliana Cordeiro
                                 #staystrong

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sentimentos

Já passei por tanto. E já ouvi de tudo. Já fui trocada, ignorada e até mesmo esquecida. Já senti o que é ouvir e ficar a espera que o silêncio respondesse por mim, sem saber o que dizer ou o que falar, porque ouvir certas palavras dói mais que qualquer coisa neste mundo. Mas foi preciso ouvir todas estas palavras para aprender, foi preciso dizer "basta" a inúmeras coisas e seguir. Dei tanto de mim, para no fim desperdiçarem ou simplesmente me abandonarem. Típico só os fortes continuam, só os fracos desistem. Então todos nós somos fracos, pois todos nós já desistimos de algo, não por sermos fracos, mas porque por vezes é melhor desistir do que insistir na dor. E esses sim são os melhores são os mais fortes porque sim, também é preciso ter coragem para desistir.
Hoje em dia, a opinião de muitos para mim é indiferente, não quero viver de aparências, quero apenas viver para os que na minha queda permanecem comigo, que jamais desistam de mim quando eu dou o melhor de mim, quando…

Depois de ti

Sinto dentro de mim uma dor jamais curável... Já passou algum tempo mas, nenhum tempo será capaz de curar o que é insuportável , o que sinto e o que vivi... Assim como nenhum recomeço apagará palavras ,atitudes ou momentos.
Ontem senti medo, olhei em volta com a esperança que estivesses lá... Não estavas.
Hoje precisei de um abraço , algo tão pequeno mas de valor tão grande , mas tu não estavas ao meu lado .
As vezes apetece-me gritar mas sufoco, quero falar dizer tudo o sinto mas prendesse-me a voz e a dor permanece
Por vezes lembro-me dos nossos dias passados juntos , as brincadeiras e risadas as discussões absurdas e os ciúmes desnecessários, não passam de recordações umas boas outras nem por isso,mas tudo contribuiu para a nossa história .
Lembraste quando nos conhecemos? E como uma amizade deu num amor.. meras imagens passam neste momento na minha cabeça .
Sinto a falta do teu" bom dia" ao acordar ... Como lidar com a perda de uma pessoa que falavas todos os dias ,a toda…